Laboratório de Qualidade da Madeira

Coordenação: Profa. Dra. Graziela Baptista Vidaurre

A instalação reúne um conjunto de equipamentos de análise de imagens empregados na avaliação, principalmente, da qualidade da madeira de eucalipto, Corymbia, de mogno africano, de mogno brasileiro provenientes de plantações comerciais e de madeiras provenientes de matas nativas, como a Mata Atlântica e Caatinga. A infraestrutura disponível atende as demandas de aulas práticas da graduação e pós-graduação e parcerias com instituições brasileiras e produtores de madeira.

Ambiente: 68,1 metros quadrados.

Áreas de atuação: avaliar o efeito da idade de corte, de árvores em campo, espaçamentos de plantio, variações climáticas e da restrição hídrica na qualidade de eucalipto através de propriedades anatômicas, físicas, químicas da madeira; relacionar a produtividade e qualidade da madeira de materiais genéticos de eucalipto e diferentes espécies de Corymbia; Impactos dos danos por insetos/pragas na qualidade da madeira; formação e variáveis de manejo e condições climáticas envolvidas na produção de cerne e do alburno de diferentes madeiras e seu impacto em diferentes produtos; qualidade das madeiras de diferentes espécies mogno africano e mogno brasileiro provenientes de plantios homogêneos e consorciados e que cresceram em diferentes localidades do Brasil; qualidade da madeira de espécies nativas em ambientes naturais; e variabilidade da densidade da madeira de clones de eucalipto que cresceram em diferentes condições ambientais e amostragem da madeira para determinação da densidade.

Equipamentos: conta com diversos equipamentos adquiridos com recursos da FAPES e CAPES e mantidos com recursos da iniciativa privada, tais como: microscópio (Zeiss, AXio Scope.A1), com luz polarizada e luz de fluorescência, equipado com câmera (AxioCam MRc 5 Zeiss, 5 megapixel) e software de aquisição, processamento, análise e interpretação de imagens (AxioVision Rel. 4.8), utilizado na avaliação de vários parâmetros anatômicos da madeira, tais como morfologia das fibras, vasos e raios e o ângulo das microfilas; microscópio estereoscópio binocular (BEL modelo SZT) com câmera de vídeo de alta resolução (BEL, 10 MP); cabeçote de estéreo trilocular acoplado ao sistema de articulação (BEL, V8); scanner de alta resolução (EPSON, Perfection V750 Pro) utilizado em estudo dos anéis de crescimento, grã e superfície da madeira; iluminador de led (AZ); Câmera fotográfica (Canon) de alta resolução com conjunto de reprodução grande fluorescente 90w x 110v. com 2 ilum. e 2 lâmp. fluorescentes de 45w para fotografias cientificas; espectrofotômetro portátil (Konica Minolta, CM 2500 D) utilizado na determinação dos parâmetros colorimétricos da madeira tanto natural ou mesmo amostras que foram submetidas a algum tipo de tratamento; perfurador de madeira (Stihl BT 45); traos de incremento, balanças analítica e estufas (bancada e vertical) com circulação de ar forçada.

Página do laboratório: www.nuqmad.com.br

 

Última atualização: jul./2020.

 

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Gov. Lindemberg, nº 316 - Centro, Jerônimo Monteiro - ES | CEP 29550-000